quarta-feira, janeiro 05, 2005

Minha mensagem de Feliz 2005 para voces...

Pessoal,

Como ninguem mais visita meu site, eu resolvi mandar uma mensagem no orkut para vcs acessarem... hehe

Gostei dessa ideia de colocar textos aqui... entao segue mais um q foi o Cardenuto q me enviou uma vez e serve de reflexao para o ano novo... Ele pode ser um pouco longo mas eh facil e vale a pena!!!

Divirtam-se enquanto ainda nao rola uma fotinho do Ano Novo pra vcs!!!

Bjs


O Grande Axioma da Vida
(por Raul Candeloro)

Outro dia recebi uma história muito interessante, chamada "O Tesouro de Bresa", onde uma pessoa pobre compra um livro com o segredo de um tesouro.

Para descobrir o segredo, a pessoa tem que decifrar todos os idiomas escritos no livro. Ao estudar e aprender estes idiomas começam a surgir oportunidades na vida do sujeito, e ele lentamente (de forma segura) começa a prosperar.

Depois ele precisa decifrar os cálculos matemáticos do livro. É obrigado a continuar estudando e se desenvolvendo, e a sua prosperidade aumenta.

No final da história, não existe tesouro algum - na busca do segredo, a pessoa se desenvolveu tanto que ela mesma passa a ser o tesouro.

O profissional que quiser ter sucesso e prosperidade precisa aprender a trabalhar a si mesmo com muita disciplina e persistência. Vejo com freqüência as pessoas dando um duro danado no trabalho, porque foram preguiçosas demais para darem um duro danado em si mesmas.

Os piores são os que acham que podem dar duro de vez em quando. Ou que já deram duro e agora podem se acomodar.

Entenda: o processo de melhoria não deve acabar nunca. A acomodação é o maior inimigo do sucesso!!! Por isso dizem que a viagem é mais importante que o destino.

O que você é acaba sendo muito mais importante do que o que você tem.

A pergunta importante não é "quanto vou ter?", mas sim "no que vou me transformar?" Não é "quanto vou ganhar?", mas sim "quanto vou aprender?".

Pense bem e você notará que tudo o que tem é fruto direto da pessoa que você é hoje.

Se você não tem o suficiente, ou se acha o mundo injusto, talvez esteja na hora de rever esses conceitos.

O porteiro do meu prédio vem logo à mente. É porteiro desde que o conheço.
Passa 8 horas por dia na sua sala, sentado atrás da mesa. Nunca o peguei lendo um livro. Está sempre assistindo à TV, ou reclamando do governo, do salário, do tempo. É um bom porteiro, mas em todos estes anos poderia ter se desenvolvido e hoje ser muito melhor do que é.

Continua porteiro, sabendo (e fazendo) exatamente as mesmas coisas que sabia (e fazia) dez anos atrás.

Aí reclama que o sindicato não negocia um reajuste maior todos os anos.

Nunca consegui fazê-lo entender que as pessoas não merecem ganhar mais só porque o tempo passou. Ou você aprende e melhora, ou merece continuar recebendo exatamente a mesma coisa.

Produz mais, vale mais? Ganha mais.

Produz a mesma coisa? Ganha a mesma coisa. É simples.

Os rendimentos de uma pessoa raramente excedem seu desenvolvimento pessoal e profissional.

Às vezes alguns têm um pouco mais de sorte, mas na média isso é muito raro. É só ver o que acontece com os ganhadores da loteria, astros, atletas. Em poucos anos perdem tudo.

Alguém certa vez comentou que se todo o dinheiro do mundo fosse repartido igualmente, em pouco tempo estaria de volta ao bolso de alguns poucos.

Porque a verdade é que é difícil receber mais do que se é. Como diz o Jim Rohn, no que ele chama do grande axioma da vida: "Para ter mais amanhã, você precisa ser mais do que é hoje".

Esse deveria ser o foco da sua atenção.

Não são precisos saltos revolucionários, nem esforços tremendos repentinos.

Melhore 1% todos os dias (o conceito de "kaizen"), em diversas áreas da sua vida, sem parar.

Continue, mesmo que os resultados não sejam imediatos e que aparentemente/superficialmente pareça que não está melhorando.

Porque existe, de acordo com Rohn, um outro axioma: o de não mudar:

"Se você não mudar quem você é, você continuará tendo o que sempre teve".

5 comentários:

Heloisa disse...

má, não é pq não deixamos coments q não entramos aqui !!!! eu entro todo dia viu??? beijo

Anônimo disse...

Má! Olha eu aqui. Bom, prometo estar mais presente este ano! E desejo que 2005 seja um ano pra lá de sensacional!É só a gente querer!!! Muitos beijos! Paula.

Anônimo disse...

Oi Má,
que saudades de vc!!! achei o seu texto SUUUUPER legal, mesmo mesmo... sempre falo que porteiro que fica só fazendo coisa de porteiro vai ser porteiro até morrer... Já eu conheci um uma vez que o cara era dez! a última vez que encontrei com ele, estava trabalhando na área administrativa de uma multi depois de ter ralado pra fazer um curso universitário...
Acho também que a carapuça serviu muito pra mim, reclamo de algumas coisas, mas no fundo no fundo, o problema sou eu, não o meio externo... Enfim, confabulando, filosofando, a gente chega à algumas conclusões bonitas... só espero que Deus me dê forças para conseguir alcançar meus sonhos...Te adoro!

Anônimo disse...

Olá Marcelita!
Thanks pelos seus desejos enviados pelo orkut...
Queria te desejar TUDO DE BOM neste ano de 2005!
Estou com muitas saudades de vc....eu queria poder prometer que este ano nós nos veremos mais....mas a vida não tá facinho....
Esse ano vai ser meio crucial para mim....
Mas o que importa é que vc mora no meu coração e sei que somos amigas de verdade!
Te adoro
Beijocas
Erika

Anônimo disse...

Oi Má!
Muito legal esse texto!!! Muito verdadeiro!
Bom, feliz 2005 pra vc tbm, tuuuudddoo de bom pra vc neste ano!
Vc realmente entendeu o pq eu gosto de fazer aniversário...mas tem mais uma coisinha... vc disse q aumentar a idade eh ruim...eu penso por outro ângulo: eu acho q eh mais um ano q vc sobreviveu nesse mundo louco. Parabéns.... e fora q a idade soh acrescenta experiências, né? Q nos fazem aprender...
By the way, meu aniversário eh dia 24/01. Tbm ta chegando...aliás, cai no meio do feriado...
Qdo eh o seu? Oq vc vai fazer?
Se cuida...
Beijoooosss
Luly